31/01/2020 - UrologiaLeia em 5 minutos

Saúde do homem: Qual é a função do urologista nos cuidados?

Imagem de Saúde do homem: Qual é a função do urologista nos cuidados?

Sintomas como retenção de urina, dor ao urinar e fluxo urinário fraco, podem indicar um problema mais sério na saúde do homem. Se você sente esses incômodos, a recomendação é procurar um médico urologista.

Para saber mais sobre como o urologista contribui para a saúde do homem, continue a leitura!

Como o urologista contribui para a saúde do homem? 

O urologista é o médico especialista responsável pelo diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças renais e aquelas relacionadas ao trato urinário, que afetam homens e mulheres. Desse modo, esse médico não trata somente da saúde masculina.

Contudo, o urologista lida principalmente com doenças do sistema urinário e genital masculino, sem limite de idade. Especificamente, trata os aspectos morfológicos e alterações obstrutivas relacionadas ao rim e ao trato urinário: glândula adrenal, retroperitônio e região lombar, ureter, bexiga, próstata, vesícula seminal, uretra, estruturas do assoalho pélvico, pênis, escroto, testículo e epidídimo.

saúde do homem

Em suma, consultar o urologista regularmente é uma das medidas mais importantes para manter a saúde do homem, e prevenir problemas como ejaculação precoce, incontinência urinária e disfunção erétil.

Bem como a prevenção de doenças mais graves como o câncer de próstata, que tem alta incidência, uma vez que foram registrados 68.220 casos novos de câncer de próstata em 2018-2019 apenas no Brasil.

Quais são as principais doenças que um urologista trata?

O especialista pode identificar e diagnosticar muitos problemas no sistema urinário. Alguns deles são:

  • Doenças da Bexiga e da Uretra;
  • Infecção do trato urinário;
  •  Cistite Intersticial;
  •  Estenose de uretra;
  •  Pedra nos rins;
  •  Fimose;
  •  Ejaculação precoce;
  •  Varicocele;
  •  Infertilidade masculina;
  •  Disfunção erétil (impotência sexual masculina);
  • Câncer de pênis, rins, testículos, próstata e bexiga.

Quais doenças podem estar relacionadas aos problemas urinários?

As complicações no sistema urinário podem indicar algumas doenças que afetam a saúde do homem, como por exemplo, a Infecção Urinária e Problemas da Próstata.

Infecção Urinária

A infecção do trato urinário (ITU) é uma inflamação bacteriana que ocorre na uretra, bexiga, ureteres e rins. Se não tratada, pode causar danos permanentes à bexiga e aos rins.

Apesar de ser mais comum em mulheres, a infecção urinária também pode afetar os homens e causar sintomas como: micção frequente, dor e queimação durante ou no final da micção.

Sintomas

Os sintomas que podem ser gerados por uma infecção urinária são:

  • Micção frequente;
  • Dor e queimação ao urinar;
  • Incontinência urinária;
  • Sangue na urina;
  • Urina turva e com um cheiro forte;
  • Acordar com frequência à noite para ir ao banheiro;
  • Febre;
  • Dor na região da virilha ou no final das costas.

Diagnóstico

O diagnóstico de infecção urinária em homens é feito principalmente com base nos sintomas apresentados e através do exame de urina, que identificará a presença de microrganismos que podem estar causando o problema. 

saúde do homem
Exame de urocultura

Além disso, o médico pode fazer perguntas sobre a vida sexual para identificar fatores de risco para infecções ou DSTs, além de realizar um teste de toque para verificar se há algum aumento no tamanho da próstata. 

Aliás, em casos de  homens jovens com sinais aumentados de próstata, o urologista também pode recomendar exames como tomografia computadorizada, ultrassonografia e/ou cistoscopia para avaliar se há outros problemas no trato urinário.

Prevenção

  • Beba bastante líquido: A infecção urinária é causada pela entrada de bactérias na uretra, portanto, se você bebe muita água –  o recomendado é beber de 2 a 4 litros por dia, – irá consequentemente urinar mais e limpar o ducto de possíveis bactérias. 
  • Urina após o sexo: A infecção do trato urinário não é uma doença sexualmente transmissível, mas o próprio ato sexual causa fricção, o que leva à irritação da região genital e ajuda a espalhar bactérias no períneo. O ato de urinar no final de cada relacionamento sexual ajuda a “lavar” a uretra, removendo as bactérias que podem ter migrado durante o sexo.
  • Não segure sua urina: A retenção favorece o crescimento de bactérias. Não há regras sobre quantas vezes você precisa ir, tudo depende da quantidade de líquidos que você ingere. Portanto, uma frequência aproximada é urinar a cada 3 ou 4 horas e sempre tentar esvaziar completamente a bexiga.
  • Evite sexo anal: O sexo anal, principalmente se precedido pelo sexo vaginal, aumenta muito o risco de infecção do trato urinário. A razão é óbvia, porque as bactérias na região anal são transportadas diretamente para a vagina. Mesmo o sexo anal isolado pode ser suficiente para espalhar bactérias do reto pela região perineal.

Tratamento

Em geral, o tratamento da infecção do trato urinário em homens é feito com a ingestão de antibióticos, que devem ser prescritos principalmente pelo internista ou pelo urologista. Antes de indicar o medicamento, o médico geralmente solicita uma cultura de urina para saber qual é o microrganismo que está causando a infecção. Somente após esse processo ele prescreve o antibiótico mais indicado para tratá-lo.

Problemas da próstata

A incontinência urinária, dor ao urinar e outras condições do trato urinário são doenças que precisam de tratamento. Mas, em alguns casos, esses problemas urinários podem ser causados por complicações na próstata.

A medida em que os homens envelhecem,  a próstata aumenta. Quando isso ocorre (não é maligno), pode ser uma condição conhecida como próstata aumentada ou hiperplasia prostática benigna. 

Homens com próstata aumentada podem ter:

  • Dificuldade em iniciar a micção;
  • Fluxo lento de urina;
  • Problemas para esvaziar completamente a bexiga.

Ou seja, homens com histórico de câncer de próstata podem ter incontinência urinária a curto ou longo prazo, o câncer pode danificar ou obstruir o trato urinário. Os problemas de controle da bexiga após o câncer de próstata podem melhorar com o tempo.

Ir ao urologista é essencial para a saúde do homem 

Assim como as mulheres costumam fazer check-ups frequentes com seu ginecologista, os homens devem fazer o mesmo com o urologista: fazer um check-up urológico. No entanto, muitos homens evitam ir ao médico, indo somente em casos de doenças que requerem a ida ao hospital, e quando o assunto é marcar uma consulta com o urologista, a situação é pior, por ainda se tratar de um “tabu” para muitos homens.

A realidade é que a maioria dos homens  só recorrem ao urologista quando a patologia se desenvolve. Mas, isso pode afetar muito a saúde do homem, visto que a prevenção é o melhor caminho para diagnóstico rápido e aumentar as chances de sucesso nos tratamentos. 

Vá ao urologista no primeiro desconforto

Embora seja geralmente recomendado realizar a primeira consulta  aos 45 anos – ou menos em caso de histórico familiar – é essencial consultar um urologista independentemente da idade, logo no primeiro desconforto detectado (por exemplo, dificuldade em urinar, necessidade frequente de urinar, dor ou sangramento).

saúde do homem

Ou seja, para manter a saúde do homem em dia, é indispensável o acompanhamento desse profissional. Assim, tanto para prevenção, como para diagnósticos precoces que resultam em grandes chances de sucesso nos tratamentos e cura das doenças. 

Igualmente, é importante ressaltar que, as consultas e tratamentos devem ser feitas com profissionais qualificados e clínicas especializadas. Não deixe sua saúde nas mãos de quem não coloca ela em primeiro lugar. Procure tratamento humanizado.

E para continuar sua leitura, saiba mais sobre pedra nos rins e quais os tratamentos para a reverter o quadro.

Não encontrou sobre o assunto desejado?

Conte-nos mais sobre o conteúdo que espera encontrar em nosso blog.

Agendar consulta